Namore com um livro antes de levá-lo para sua casa

Palestra do autor sobre livros em uma faculdade
Falando sobre livros e jornalismo no auditório da Unisuam

 

Livros, como escolhê-los? Qual foi o último livro que você leu e que, ao final, te fez soltar um alegre e sonoro “PQP!”? Pois são esses livros que gosto de indicar aos jovens quando tenho a oportunidade de visitar escolas, faculdades e eventos literários.

Falar sobre a importância da leitura é clichê recorrente e não aproxima ninguém dos livros. Eu começo sempre perguntando quem gosta de uma boa história. Porque, afinal, é isso que conquista leitores. E é isso que os escritores fazem. Somos todos contadores de histórias.

palestra sobre livros do autor em uma escola
Batendo um papo sobre livros e literatura com estudantes do Ensino Médio do Gau

Gosto pela leitura nasce com uma boa história

O gosto pela leitura começa a partir do momento em que você encontra aquele enredo que te prende, com o qual você se identifica, que te faz não querer parar de ler.

Ao contrário, se você começa sua jornada de leitor com livros que não te agradam, correrá o risco de entrar para a imensa legião de brasileiros que nunca chegaram a ler dois livros inteiros na vida mas, mesmo assim, enchem a boca para dizer que não gostam de literatura.

Muito além dos livros da escola

Se você é estudante, não se limite a ler apenas os livros que sua instituição de ensino lhe obriga. Procure um cuja a história lhe desperte interesse real. Namore com o livro antes de levá-lo pra casa.

Leia um pedacinho. Vá além da orelha. Faça uma rápida pesquisa na internet para saber a opinião de pessoas que já leram a história. Assim, você minimiza as chances de se decepcionar e aumenta em muito a possibilidade de estar diante de uma história que, ao final, te fará soltar um sonoro palavrão ou, se você for mais comportado do que eu, uma exclamação polida porém empolgada :).

 

3 Dicas para você encontrar livros que te conquistem:

 

1 – “CONHECE A TI MESMO”

  •  Antes de sair aceitando indicações, ou de procurar pelos livros mais badalados, tente entender qual o tipo de história que te agrada.
  • Pode até ser um gênero que você nunca leu, mas o argumento da história, a viagem que ela te propõe a fazer tem que despertar o seu interesse.

 

2 – “QUEM VÊ CAPA NÃO VÊ CORAÇÃO”

  • Na época das videolocadoras – se você tem menos de 20 anos talvez tenha que perguntar aos seus pais do que se trata! – eu costumava alugar filmes pelas capas e sinopses da embalagem. Não faça isso, jamais! Nem com filmes e muito menos com livros. As capas são como anúncios publicitários. São feitas para vender o produto, que nem sempre cumpre o prometido na embalagem.
  • Vá além da sinopse e da orelha. Leia trechos do livro. Sem querer vender meu peixe (só um pouquinho) leia a “primeira página” e mais quantas puder.  Você pode fazer isso nas livrarias físicas ou aqui, na internet, onde autores , lojas e editoras também costumam disponibilizar trechos de livros. Avalie o estilo da escrita, o ritmo e o seu nível de interesse e identificação com o que está lendo.

 

3 – DICAS DE AMIGOS E CANAIS LITERÁRIOS

  • Pedir indicações a amigos e ler resenhas em canais literários pode ser um bom caminho de pesquisa. Mas quando conversar com amigos que gostam de ler deixe bem claro o tipo de história que lhe agrada. Se achar que encontrou um bom livro, volte para a dica 2.

Convite para uma boa história:

Quer uma dica de leitura que te prenda desde a primeira página? Que tal dar uma olhada agora nos primeiros capítulos do meu livro PRIMEIRA PÁGINA – Conflito na Baiana? Corre lá, tô te esperando lá com um video e um recado especial 🙂

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *